AkzoNobel e BYK-Gardner digitalizam superfícies texturizadas por revestimentos em pó

16/06/2020

Há décadas, os clientes da AkzoNobel se beneficiam dos padrões de cores digitalizados. Agora a empresa está entrando em um novo território com a ajuda da tecnologia pioneira desenvolvida pela BYK-Gardner, que pode medir e controlar digitalmente as superfícies texturizadas por revestimentos em pó.

Lançado em 10 de Abril, o spectro2profiler representa um passo enorme ao futuro para as indústrias de tinta, pois até então, a única maneira de verificar a qualidade de uma superfície que foi texturizada por revestimento em pó, era através da inspeção visual.

A nova ferramenta – que analisa toda a topografia 3D da textura da superfície, além de medir cor e brilho – promete trazer grandes avanços para o segmento de revestimentos.

"Estamos empolgados por termos alcançado um marco na inovação", explica Pim Koeckhoven, diretor de tecnologia para cores da AkzoNobel. "Ser capaz de avaliar objetivamente a qualidade estrutural de um revestimento em pó – de maneira consistente, precisa e padronizada – usando uma ferramenta digital dedicada será um grande passo à frente".

Acrescenta Jean-Paul Moonen, gerente de segmento de arquitetura do negócio de revestimentos em pó da AkzoNobel: “Cada textura é uma característica única e extremamente importante dos revestimentos em pó e a tendência para superfícies texturizadas fica cada vez mais forte, especialmente no segmento de arquitetura, onde texturas grossas e finas são usadas. Como líder mundial no fornecimento de revestimentos em pó, termos essa ferramenta disponível será um grande trunfo para nós e nossos clientes.”

Tendo a BYK-Gardner colaborado anteriormente no espectrofotômetro AMV para o negócio da AkzoNobel de Tintas para Repintura de Veículos – que agora é a ferramenta de medição de cores preferida na indústria automotiva – as duas empresas trabalharam junta no novo spectro2profiler. O objetivo era utilizar o conhecimento adquirido para superfícies texturizadas que imitam couro e usá-lo para explorar as possibilidades de digitalizar as texturas das superfícies dos revestimentos em pó.

"Começamos a pesquisar protótipos há dois anos", continua Koeckhoven. "A combinação de nosso conhecimento com a BYK-Gardner nos permitiu obter um controle de qualidade objetivo com base em medições altamente precisas que simplesmente não podem ser alcançadas a olho nu. Atualmente, estamos testando e otimizando essa solução em nossos laboratórios e produção. É extremamente empolgante e esperamos que, em um futuro próximo, esse método de digitalização também possa apoiar nossas atividades de formulação.”

A AkzoNobel fornece revestimentos em pó para clientes em todo o mundo, cobrindo segmentos de mercado que variam de eletrodomésticos, arquitetura, automotivo, móveis, TI e aplicações industriais em geral.

Notícia original: https://www.byk-instruments.com/2020-04-akzonobel

  Ver todas